MINHA FORMAÇÃO

As constelações entraram em minha vida em 2006, quando participei de um workshop em Porto Alegre - durante três dias estive mergulhada e em contato com o trabalho. Senti, desde o início, que as constelações são como uma chave valiosa na compreensão das relações humanas. Quis aprender. Em primeiro lugar para autoconhecimento, e, na medida em que fui mergulhando no aprendizado, naturalmente o chamado para trabalhar se fez presente.

Minha formação aconteceu através do Instituto Bert Hellinger da Argentina (2008 a 2010), com certificação obtida pelo Instituto Latinoamericano de Constelações Familiares e Soluções Sistêmicas e também sou certificada por Hellinger Sciencia da Alemanha (2010). Produzi dois workshops de constelações em Porto Alegre (2009 e 2010), para o facilitador Almir Nahas, de SP.
Em março de 2011 participei do curso de Constelações Organizacionais com Gunthard Weber, da Alemanha.
Em dezembro de 2012, participei de mais um seminário com Bert Hellinger em SP sobre as novas constelações familiares.
Em junho de 2013, participei do módulo com Ursula Franke e Thomas Bryson da formação que aconteceu em Florianópolis.
Em abril de 2014 participei de um curso com Karin Schöeber - Liberação de Trauma e as Constelações, em Florianópolis.
Em novembro de 2015, estive novamente em Florianópolis para estudar com Joan Garriga, da Espanha.
Em setembro de 2016 estive novamente em em Buenos Aires no seminário de Pedagogia Sistêmica com Marianne Frank-Gricksch.
Nesse caminho de crescimento e na busca de congruência, em fevereiro de 2017 iniciei uma nova formação, no Modelo de Validação Humana, de Virginia Satir, com a docente Eva Wieprecht, diretora do Instituto Internacional Virginia Satir, da Alemanha. Desde abril, sou practitioner do modelo Satir e a formação continuará em junho, com o Master. Sou graduada em Direito pela PUCRS e pós-graduada em Poéticas Visuais na FEEVALE. Trabalho na área cultural desde 1990: inicialmente como produtora do Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, em Porto Alegre; depois, na Secretaria de Cultura de Hamburgo/Alemanha e como Diretora de Programação da Secretaria de Estado da Cultura do RS. Em 1999, fundei Lahtu Sensu Administração Cultural, que atua em planejamento, elaboração, produção e consultoria de projetos culturais.
A partir de 2006, quando participei do primeiro workshop de constelações familiares, assisti a mais de 150 horas de constelações, tive 624 horas de aulas e 100 horas de práticas supervisionadas. Comecei a trabalhar com as constelações em 2009, atendendo individualmente e facilitando grupos, especialmente em Santa Maria/RS, onde resido. Até o momento, realizei 532 constelações, entre atendimentos individuais e grupos.